Entre em Contato
Prof. Reynaldo Schwindt Furlanetto

Segundo Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP).

Graduou-se, em 1940, pela Escola Paulista de Medicina (EPM). Desenvolveu pesquisas na área das Ciências Biomédicas desde o início de sua carreira. Em 1945, estreou sua trajetória docente como Instrutor Voluntário na Escola Paulista de Medicina, indicado pelo Professor Otto Guilherme Bier. Em 1951, foi indicada ao cargo de Professor Responsável pela Cadeira de Microbiologia da EPM. Dez anos mais tarde, exerceu a docência na Cadeira de Microbiologia da Faculdade de Medicina de Sorocaba e da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FO-USP). Em 1965, foi nomeado Professor Catedrático.

Além de suas funções acadêmicas, foi Diretor da Seção de Imunologia e Imunoterapia do Instituto Butantan e, ainda, pesquisador no Laboratório de Imunologia do Instituto Biológico. Após a Reforma Universitária, em 1970, foi designado como Vice-Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB-USP) e auxiliou Paulo de Toledo Artigas em seus projetos. Exerceu funções junto ao Departamento de Microbiologia e Imunologia do ICB. Obteve destaque em publicações que contribuíram para o desenvolvimento dos Estudos Médicos no Brasil, tais como: “Estudo Eletroforético em Cellogel de Venenos do Gênero Bothrops”; “Contribuição ao Estudo da Determinação da DL50 de Venenos Botrópicos Inoculados por Via Venosa em Camundongo”; “Contribuição ao Estudo da Determinação DL50 do Veneno de Crotalus durissus terrificus, em Mus Musculus linnaeus”; e, “Amboceptor Titration as a Statistically Controlled Assay” – todos em 1973. Em 1974, assumiu a Direção do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP)- e veio a falecer em 1976; com isso, muitos projetos idealizados para sua gestão como Diretor não puderam ser concluídos.

 

Gestão diretor: 1974-1978