Profa. Magda Maria Sales Carneiro

Médica formada pela Universidade Federal de Pernambuco (1973) realizou residência nas áreas de Pediatria, Alergia e Imunologia no Hospital das Clínicas da FMUSP. Em 1978, concluiu seu Doutorado na FMUSP; Realizou estágio de pós-doutoramento na Organização Mundial da Saúde, Suíça. Foi Médica Assistente do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP, onde fundou e dirigiu a Unidade de Imunopatologia Pediátrica destinada ao atendimento de crianças portadoras de quadros de alergia respiratória e de imunodeficiências primárias e secundárias. No referido serviço, foram identificados os primeiros casos de AIDS em crianças do país. Em 1985, tornou-se Livre-Docente pela Faculdade de Medicina da USP. Simultaneamente, tornou-se médica do Laboratório de Imunobiologia do Instituto Adolfo Lutz, da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. Ingressou na carreira docente em 1988, atuando no Departamento de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas.

Suas áreas de interesse são: Imunodeficiências Primárias, Imunologia do Leite Humano, Autoimunidade e Início Precoce, Desenvolvimento e doenças do timo na criança. Responsável pela criação do Laboratório de Imunologia das Mucosas no ICB, implementou pesquisas sobre Imunodeficiências Primárias e mecanismos de proteção anti-infecciosa do leite humano. Professora Associada, em 1989, tornou-se Professora Titular do Departamento de Imunologia do ICB, em 1994. Foi eleita para o cargo de Diretora do ICB- USP no período de 1997 a 2001, tornando-se a primeira Diretora mulher do Instituto. A partir de 2005, assumiu o cargo de Professora Titular do Departamento de Pediatria da FMUSP, exercendo ainda a Presidência do Conselho Diretor do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP. Fez parte do Conselho Científico do Hospital Israelita Albert Einstein; e, em 2016, tornou-se membro da Academia Brasileira de Pediatria. Foi agraciada com os prêmios: VII Prêmio Saúde – categoria Saúde da Criança, Abril Mídia; Prêmio Mulheres do Ano (categoria Ciência), Editora Abril – Revista Cláudia; Prêmio Sendas de Saúde, Casas Sendas – Rio de Janeiro; Prêmio Anual da Academia de Medicina de São Paulo. Além disso, em 2018, a Clinical Immunology Society, a incluiu na lista das 9 mulheres consideradas pioneiras da Imunologia.

 

Gestão vice-diretora: 1997-2001