BioImagem

Os recentes avanços em imagem molecular e tecnologias de computação estão fornecendo aos cientistas e estudantes possibilidades sem precedentes para visualizar estruturas internas de células, órgãos e organismos e para coletar sistematicamente imagens de alta definição de situações fisiológicas e patológicas. “Bioimagem” é um programa integrado de investigação interdisciplinar apoiado por vários laboratórios e institutos da Universidade de São Paulo que tem como objetivo aplicar e desenvolver metodologias inovadoras de imageamento para investigar processos celulares e subcelulares, e estratégias terapêuticas para o tratamento de doenças.

O projeto consiste em um banco visual online com imagens de células, tecidos e estruturas moleculares. Seu intuito é servir como base de aprendizado e consulta para estudantes e professores da área biomédica. O projeto foi criado pelo professor José Ernesto Belizário (jebeliza@usp.br), do Departamento de Farmacologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB).

Dentre as técnicas utilizadas para obter as imagens, algumas são coloração com Hematoxilina-Eosina (HE), imagens in vivo obtidas por sondas de fluorescência, bioluminescência e radionuclídeos, e espectros de biomoléculas, incluindo lipídeos, proteínas, peptídeos, elementos químicos e metabólitos, detectados e quantificados por espectrometria de massa MALDI-TOF-TOF.