Prof. Antonio Carlos Martins de Camargo

Graduado em Medicina pela Universidade de São Paulo (1964), recebeu o título de Doutor  em Farmacologia pela mesma universidade (1969) sob orientação do Prof. Mauricio da Rocha e Silva. Fez seu pós-doutoramento em Brookhaven National Laboratory, NY, USA, (1970-1972) e foi cientista visitante no MRC-Cambridge, Inglaterra (1982, 1983), na França, CNRS-Gif-sur-Yvette (1985,1986,1988,1999) e no Japão, Kobe Gakuin University, (1990). Em 1986 tornou-se Professor Titular em Farmacologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP).

É, atualmente, Professor Permissionário do Departamento de Biologia Celular e do Desenvolvimento do ICB-USP e ex-Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências. Dentre seus cargos administrativos, Camargo foi Diretor Científico do Instituto Butantã (1997), Presidente da Sociedade Brasileira de Toxinologia (1997-1998), Vice-diretor do ICB-USP (1987-1991) e Membro do Conselho Universitário da USP (1976 – 1980).

Destacou-se por ter sido Fundador e Coordenador do Centro Interdepartamental de Química de Proteínas (Farmacologia, Fisiologia, Bioquímica e Clínica Médica) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) e Fundador e Diretor de um dos CEPIDs (Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão) em Toxinologia Aplicada, FAPESP, entre 2000 e 2008. Camargo publicou mais de 190 trabalhos científicos em revistas internacionais. Seu laboratório descobriu uma nova classe de enzimas envolvidas no metabolismo intracelular de peptídeos bioativos e um gene envolvido na formação do córtex cerebral (ver Wikipedia – Oligopeptidase). Camargo formou cerca de 40 doutores e mestres.

 

Gestão vice-diretor: 1989-1993